CORPO

19/02/2015
Mestre-cuca

Quando pensamos em fazer dieta logo desanimamos, ao pensar naquelas refeições sem-graça, pratos cheios de folhas e legumes sem gosto. Não pode pão, não pode doces, não pode cerveja, nem nenhuma das delícias que gostamos de comer. Mais do que isso, fazer dieta, em muitos momentos, significa ter que mudar quase que completamente o cardápio e os hábitos alimentares a que estamos acostumados. Agora eu te pergunto: qual a chance de isso durar por muito tempo?

A minha experiência clínica confirma os dados de pesquisa que mostram que dietas até funcionam, mas não foram feitas para durar. São estados de exceção. Entretanto, manter um peso adequado e ter uma dieta saudável são metas para a vida toda, como já conversamos aqui (veja: “Fazer dieta engorda”). Sabemos ainda que, no que se refere à alimentação, sabor é fundamental.

Por isso, estou convencida que a melhor maneira de manter a forma é aprender como se faz a comida que você precisa. Comida boa em todos os sentidos: saudável, saborosa e adequada às suas necessidades. Não adianta aprender a contar calorias, a diferenciar carboidratos, gorduras e proteínas se eu não sei que ingredientes são necessários para fazer os pratos que me agradam.

Quem cozinha, mesmo que não esteja exatamente pilotando o fogão, consegue saber se um prato leva muito azeite, manteiga ou creme de leite, quais os ingredientes de uma massa de quiche, ou ainda por que algo feito no forno costuma ser mais magro do que preparado de outra forma. É um conhecimento útil não apenas para aprender a selecionar pratos e cardápios que de fato atendam às suas necessidades, mas também para selecionar no supermercado alimentos saudáveis, que irão se transformar em deliciosas refeições.

Outra vantagem, o que eu costumo chamar de nível avançado, é poder adaptar as suas receitas preferidas para que elas fiquem menos nocivas à boa forma, mas igualmente gostosas (ou quase!). Trocar ingredientes, mudar o modo de preparar, descobrir sobre temperos e especiarias que minimizam a necessidade de usar sal ou açúcar... Existem muitas formas de fazer comida gostosa! Usar gorduras e açucares é apenas uma delas. A ciência da gastronomia pode, e deve, ser usada em favor da boa forma. Assim, ao invés de ficar destrinchando blogs e seguindo perfis no Instagram, que tal fazer umas experiências no fogão?

Dra. Aline Sardinha – Psicóloga Clínica e Coach (CRP:34.146)




COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS
Nome: Mensagem:
E-mail:
Informe esse número ao lado:
trocar imagem